como utilizar o dinheiro das férias

Como utilizar o dinheiro das férias?

“Este artigo faz parte da Revista Mulher Africana. Para conhecer mais a revista clique aqui. Para baixar a Edição completa onde este artigo foi publicado clique aqui. Agora sem mais delongas… fiquem com o artigo abaixo.”

Fico sonhando acordada aguardando para chegar o dia das férias e derepente…
Oba, este mês tem mais dinheiro na minha conta, recebi minhas férias, estou ricaaa!!!

Já posso ir agora comprar aquela tão sonhada roupa que todos os dias vejo
na vitrine no caminho do trabalho, hum!? Será que posso mesmo?
Antes de consumir este dinheiro, é importante saber como funciona este “ganho” extra no seu mês. É importante entender como este valor chegou até você e porquê. E já deve estar falando sozinha, isso é obvio, dinheiro das férias. Sim, eu sei, mas quero te alertar para não se iludir ou criar falsas expectativas em relação a isso, pois nada mais é, do que o adiantamento do salário do mês que estará descansando, isso mesmo, quando você voltar a trabalhar, naquele mês não terá salário, claro, que esse cálculo é proporcional aos dias descansados.

O que é realmente extra é 1/3 sobre as férias, o chamado abono peculiar de férias, previsto na legislação (no caso do Brasil).

O dinheiro das férias deve ser poupado, pode ficar numa conta reserva, bem protegido, para as despesas do mês seguinte, e o abono (1/3 sobre as férias), esse sim, deve estar no seu planejamento dos sonhos.

Ele pode ser para completar o que falta para realizar uma
viagem, comprar algo que está no seu sonho de curto prazo.
Além de planejar o que fazer com o dinheiro, você deve planejar o que fazer nesses dias.

O importante é não ter ressaca financeira. Saiba que este valor das férias nem sempre é o suficiente, ele vai apenas somar com o que já vem economizando, acredito eu.

Eu sei que é um grande desafio administrar o seu dinheiro das férias, pois enquanto eu era funcionária assalariada, eu agia exatamente assim, recebia as férias, gastava tudo, isto é, se a conta não estivesse no vermelho só aguardando este valor chegar, e era uma satisfação de dias, pois era só retornar para o trabalho e o pesadelo voltar, holerite zerado, boletos para pagar, fatura do cartão com valor absurdo, pensa era um desgaste total,
até que descobri a Educação Financeira. Sem contar que eu também adiantava a minha primeira parcela de 13º junto com as férias. Tenso não é?

Foi aí que aprendi a importância de me planejar financeiramente, foi uma mudança de chave na minha vida, com muitas escolhas, claro! E no mesmo ano, a minha grande conquista foi não antecipar o 13º.

E é isso, que quero te ensinar, faça um planejamento, entenda o que é educar-se financeiramente, este dinheiro deve render muito mais na suas mãos, ele pode ser para dar início nos investimentos para sua reserva de segurança e deixar capitalizando, para usar numa viagem, para fazer um curso que deseja, muitas pessoas procuram fazer trabalho extra nas férias para aumentar seus ganhos, afim de realizar um desejo maior que vem estruturando. E para que toda a organização seja perfeita, você deve saber o preço do sonho, em quanto tempo deseja realizar e quanto precisa economizar.

Férias são uma conquista e deve ser curtida de forma consciente, sem frustrações no pós férias. Viva-a como desejou, com alegria e liberdade, no mínimo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *