GASTOS INVISÍVEIS

Gastos invisíveis, como enxergá-los???

Alguma vez na sua vida você teve a sensação de que seu dinheiro está saindo da conta e você não sabe como e nem para onde ele está indo?

As vezes o que falta é dar atenção para os pequenos gastos. E logo irá concordar comigo.

A Educação Financeira poderia ser ensinada na escola e há muito tempo, mas nem nos dias de hoje ainda faz parte do currículo escolar, segundo a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), a educação financeira será um dos temas transversais do novo ensino fundamental e a implementação da educação financeira nas redes estaduais de ensino deve ocorrer até 2020, logo se vê que, o brasileiro vem se endividando cada vez mais por falta de orientação, conhecimento em como lidar e entender o seu comportamento com o dinheiro, melhor dizendo por falta de educação no assunto.

 Nunca é tarde para nada nesta vida, se não aprendeu até hoje, aprenda daqui para frente.

Não adianta viver no passado e por a culpa em outras pessoas ou no seu banco e nem viver no futuro achando que amanhã vai chegar a solução de todos os seus problemas financeiros.

Você sabia que a área financeira é a área mais importante da sua vida e que necessita ser tão bem tratada quanto o seu corpo?

Você pode cuidar bem do seu corpo, da sua vida espiritual, da vida social, intelectual, lazer, mas se faltar o dinheiro, vai detonar todas as outras, isso é fato.

Não tem ser humano endividado que vai ter uma boa noite de sono, um dia feliz e sorridente de trabalho. Ele vai sentir um peso dia e noite, com tanta preocupação acumulada. Além do que, isso pode gerar stress no trabalho, demissão, desentendimento no lar, separações e por aí vai.

endividamento com gastos invisíveis

Diante de tantos sintomas ele se sente impotente para encontrar saídas, começa a se envidar cada vez mais, pega um empréstimo para pagar outro paga o mínimo do cartão de crédito, e com isso vai mascarando sua saúde financeira.

Enquanto o brasileiro não entender suas crenças limitantes em relação ao dinheiro e o imediatismo por adquirir coisas, estará podando sua alegria de viver, e vai viver neste dilema.

Quando falo de gastos invisíveis, quero mostrar que a economia e mudança de hábitos podem ser adquiridas a partir de consumo de valor baixo e o qual você não dá a mínima atenção.

Você sabia que economizando R$1,00 por dia por 30 anos, a um rendimento em torno de 8%aa, você terá no final em média R$45.000,00?

E se for para responder, durante a leitura deste artigo, os seguintes questionamentos:

Você sabe quanto você paga de taxas no seu banco? Quanto você gasta por mês para tomar café da manhã na rua, almoçar ou jantar? Você sabe quanto gasta no mês com guloseimas? Você sabe quanto gasta com cafezinho ou chocolate? E na academia com plano anual, onde você acaba indo uma vez ao mês e olhe lá, mas no seu cartão você pagou em 12 vezes e todo mês indo ou não você está pagando. E seu pacote de TV a cabo? Que na verdade você só assiste as séries do NetFlix. Sem contar nas diversas vezes que você pega Uber para andar duas quadras….

Nós temos o costume de olhar sempre para os valores maiores, não damos a menor importância para os valores baixos, mas  silenciosamente eles saem da sua conta.

E como descobrir isso? Através de um diagnóstico financeiro.

O diagnóstico é um apontamento diário dos seus gastos, por 30 ou 90 dias, dependendo da sua forma de ganho, renda fixa 30 dias e renda variável por 90 dias. Desta forma, seus gastos invisíveis irão aparecer e podem te surpreender.

Não sabe como fazer um diagnóstico financeiro? veja o vídeo abaixo.

Após o feito isso, o correto é entender e economizar estes valores.

E para onde vai esta economia que irá ter? Para os seus sonhos ou para os seus investimentos.

Warrem Bufft, tem duas regras poderosas sobre o dinheiro:

1ª Regra: Nunca perder dinheiro.

2ª Regra: Nunca esquecer a primeira regra.

Se você perder 50% do seu dinheiro, vai precisar ganhar 100% para recuperar. Enquanto estiver lutando para recuperar estará perdendo a magia dos juros compostos.

Fico muito feliz quando me procuram para ser seu Educador Financeiro ou para fazer um processo de coaching comigo, pois quem tem consciência de que tem que mudar e sozinho não consegue, assume sua responsabilidade e pede ajuda.

Saia das dívidas e se torne um investidor.

Se você costuma gastar fácil, vai aprender a guardar dinheiro, acredite!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *